A história, benefícios e estudos do Sal do Himalaia

Conhecido no Himalaia como “ouro branco”, o Sal do Himalaia contém os mesmos 84 minerais e elementos naturais encontrados no corpo humano. Esta forma de sal também foi se desenvolvendo ao longo dos últimos 250 milhões de anos sob intensa pressão tectônica, criando um ambiente de exposição zero a toxinas e impurezas.

Em minhas receitas e no meu Programa Alimentar sempre destaco a importância deste sal, por já conhecer os benefícios que ele traz para a saúde.

Reuni neste artigo algumas pesquisas importantes e informações que elucidam o que este sal pode fazer pela saúde, assim como a diferença dele para o sal refinado comum (quimicamente tratado).

Os benefícios para a saúde do uso do Sal do Himalaia podem incluir:

→ Controlar os níveis de água no organismo, regulando-os para o funcionamento adequado

→ Promover o equilíbrio de pH estável nas células, incluindo o cérebro.

→ Auxiliar na redução dos sinais comuns do envelhecimento

→ Promover o aumento das capacidades de absorção dos elementos do alimento no trato intestinal

→ Auxiliar na saúde vascular

→ Suporte da função respiratória saudável

→ Diminuir a incidência de problemas de sinusite, e promover o excesso de toda a saúde do nasal

→ Reduzir caimbras

→ O aumento da resistência óssea

→ Naturalmente promover padrões de sono saudável

→ Criar uma libido saudável

→ Promove a saúde nos rins e vesícula biliar quando comparado com sal comum quimicamente tratado

 

 

A HISTÓRIA

Primeiro de tudo, o que faz o sal do Himalaia ser tão incrível?

Há Cerca de 200 milhões de anos atrás, haviam camadas cristalizadas de sal do mar que foram cobertas com lava. Este sal foi posteriormente envolto em neve e gelo por milênios, protegido da poluição moderna e preservado em um ambiente intocado.

  Cúrcuma, um poderoso anti-inflamatório contra o Câncer

A cordilheira do Himalaia estende-se por toda a Ásia, e passa por China, Nepal, Mianmar, Paquistão, Butão, Afeganistão e Índia. Muitas pessoas acreditam que este sal rosa é o mais puro sal que pode ser encontrado no planeta.

 

Everest/Nepal Himalaia
Everest/Nepal Himalaia

 

COMPOSIÇÃO E ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE ESTE SAL

Os cristais de sal do Himalaia podem incorporar outros elementos de traço que não estão presentes em outros sais. Os testes mostram que ele oferece até 80 + minerais que o corpo necessita.

Os cristais de sal do Himalaia também estão minimamente processados. Esqueça dispositivos mecânicos ou técnicas de explosão, o sal do Himalaia é extraído a mão.

Depois de extraído, a única transformação que acontece é a triagem e lavá-lo com água. Este procedimento reduz as possibilidades de contaminação externa. A maior parte da oferta comercial no mercado hoje é proveniente da região montanhosa do Paquistão.

 

Chitral / Paquistão Himalaia
Chitral / Paquistão Himalaia

 

O SAL E O CORPO HUMANO

Nós amamos o sabor do sal, mas as orientações alimentares nos dizem que todos nós devemos limitar nossa ingestão de sódio para menos de 2,3 gramas (2300 mg) por dia para evitar a pressão arterial elevada e morte por doença
cardiovascular.

(Nota: a molécula de sal consiste em um átomo de sódio e um átomo de cloreto, 40% do peso, é o sódio, assim 1500 mg de sódio é igual a 3,750 mg de sal, cerca de ¾ de uma colher de chá Mais de 75% do sal já na comida, não adicionada  a partir da saleiro.)

 

SAL DO HIMALAIA X SAL COMUM REFINADO

Muitas pessoas não sabem que o sal de mesa comum contém produtos químicos e até mesmo açúcar!

O sal de mesa é composto por 97,5% de cloreto de sódio e 2,5% de produtos químicos como o iodo e absorventes, e açúcar. É encontrado na maioria dos lares, restaurantes e alimentos processados e seu valor nutricional é nulo, faltando minerais benéficos.

  Temperando a Vida

Em seu processamento, o sal de transforma em cloreto de sódio. O corpo não pode descartá-lo de uma forma natural e saudável , o que pode levar à irritação dos tecidos, retenção de água e aumento da pressão arterial.

Para o corpo a metabolizar o sal de mesa com química, deve desperdiçar enormes quantidades de energia para manter o corpo em equilíbrio ideal de fluidos. Isso cria um fardo para os sistemas de eliminação do corpo. A água é removida a partir de outras células em tentativa de neutralizar o cloreto de sódio não natural.

Estudos mostram que para cada grama de sal de mesa, seu corpo vai utilizar mais de vinte vezes a quantidade de água celular para neutralizar o cloreto de sódio no sal quimicamente tratado.

Isto pode levar a celulite, reumatismo, artrite, gota, bem como pedras nos rins e da vesícula biliar. Optar pelo uso de sal do Himalaia como uma alternativa pode ter um grande impacto sobre sua saúde total e bem-estar.

 

 

Em estudos realizados, a composição dos cristais de sal do Himalaia demonstram uma melhora da saúde em geral.

Em 2003, um estudo no Inter-University of Graz, na Áustria, avaliou os efeitos do consumo diário de 1,5 litros de água da torneira com sal de mesa comum contra o sal cristal do Himalaia.

Os pacientes que beberam água com o sal do Himalaia experimentaram mudanças positivas no trato respiratório, circulatório, órgãos, tecido conjuntivo e funções do sistema nervoso. Também foram relatados aumentos na qualidade do sono, os níveis de energia e concentração, atividade do cérebro e consciência.

Como os oceanos de todo o Mundo se tornam cada vez mais contaminados, o estudo acima parece apontar para uma sinergia adicional e pureza nas antigas rosa cristais de sal do Himalaia que podem melhorar a saúde contra o sal que vem dos oceanos e que contêm mais impurezas.

  Fome Emocional - o que é e como eliminar

Esta é em grande parte a razão pela qual o sal tem obtido um nome tão ruim ao longo dos anos. Não é necessariamente o sal que não é saudável para nós, mas o sal de mesa refinado que é inferior para a nossa saúde.

Além disso, muitos de nós estamos consumindo alimentos de forma demasiadamente processados. Estes alimentos contêm quantidades astronômicas de sal. Não se trata de limitar a nossa ingestão de sal; trata-se de consumir mais alimentos integrais naturais e menos industrializados.

Desta forma, podemos adicionar o sal ao cozinhar ou polvilhar um pouco sobre as nossas refeições sem ter que se preocupar com pressão arterial elevada e assim por diante.

Os Sal rosa do Himalaia já é comercializado no Brasil e pode ser encontrado em diversas casas de produtos naturais.

 

Share:

Deixe uma resposta